10 navios fantasmas reais e suas histórias

10 navios fantasmas reais e suas breves histórias

Navio Fantasma - Ghost Ship
Mesmo o mais criativo dos pescadores teria dificuldade de explicar algumas das coisas que acontecem no mar, palco das maiores bizarrices de nossa história de exploradores (afinal, encontraram até um continente em 1500), os oceanos todo dia nos apresentam com histórias como Patinhos de borracha que chegam as praias do mundo inteiro, um continente de lixo e claro, porque não, navios fantasma!

Os motivos para navio fantasma podem vários, de piratas (sim, ainda existem) a tempestade, navios que foram carregados para o mar sem tripulação, doenças e acidentes, até mesmo navios que foram largados propositadamente (fuga de traficantes por exemplo), e para os mais criativos tem também a abdução por alienígenas ou o misterioso triangulo das Bermudas, existem teorias diversas, mas o fato é que existem sim navios fantasma, e não são poucos.

Quadro de Navios Fantasma, Bel Amica, Mary Celeste e Carroll A. Deering



1 - Mary Celeste e a origem dos motins de razão desconhecida


O Mary Celeste era um veleiro de carga Americano, descoberto a deriva em 1872 no Oceano Atlântico, com carga intacta, ração para 6 meses e nenhuma alma viva ou sequer corpos a bordo, o mistério foi levantado e nunca resolvido.
Imagem do Mary Celeste - Fonte - Wikicomon
Imagem do Mary Celeste - Fonte - Wikicomon

Foi encontrado próximo do Estreito de Gibraltar, um lugar que tradicionalmente atrai mistérios. As hipóteses levantadas pelas cortes de investigação vão de que gases proveniente do tabaco transportado tenha deixado a tripulação "louca", fraude de seguro, maremoto, ciclone marítimo e até o ataque de uma Lula gigante foi cogitado, porém no fim, o caso foi dado como inconclusivo.

Depois de sua recaptura o Mary Celeste foi recolocado em operação sob novo proprietário, até que em 1885 seu capitão a afundou deliberadamente como forma de tentar dar um golpe na seguradora.

Sua história foi contada e dramatizada por filmes e novelas no mundo todo, e seu nome se tornou sinônimo de deserção não justificada.

2 - Carroll A. Deering abandonado sem motivos


O Deering era uma escuna comercial de 5 mastros, típicos do início da era industrial Norte Americana.
A bizarra história do Deering começa quando o mesmo foi entregar uma carga de carvão da Carolina do Norte para o Rio de Janeiro. 

Durante seu retorno, parou em Barbados para reabastecer, o primeiro contramestre havia sido preso por fazer acusações contra o capitão, que aparentemente interferia demais nas ordens dele frente aos marujos, mas aparentemente foi perdoado e solto antes que o navio partisse para seu destino na Virginia.

O Navio foi visto quando saudou uma pequena embarcação militar na Carolina do Norte, quando um homem de sotaque estrangeiro falou para o marinheiro na outra embarcação que o Deering havia perdido sua ancora. Seu próximo avistamento foi quando o navio aterrou no Cabo Hatteras, na Carolina do Norte.

Carroll A. Deering em outro angulo de visão
A Tripulação e seus pertences nunca mais foram encontrados, os barcos salva-vida todos desapareceram, e o mistério permanece em aberto, entre as possíveis causas estão motim, piratas Comunistas, e até o triangulo das bermudas recebeu créditos, porém, o sumiço da tripulação aconteceu quando eles já estavam bem longe deste local mágico.

3 - Bel Amica, e uma quase viagem no tempo

Bel Amica é um caso curioso, mas é um único na minha lista que pelo menos, teve boas explicações.

Quando uma escuna do estilo clássica foi encontrada na costa da Ilha da Sardenha, Itália, muita gente se viu sem chão. Dentro da escuna, uma refeição tipicamente Egípcia comida pela metade, mapas de origem Francesa das áreas de navegação do norte da Africa, e uma pilha de roupas foram encontradas, uma placa de madeira com a inscrição Bel Amica e uma bandeira de Luxemburgo também foi encontrada dentro da embarcação.

Bel Amica, uma escuna que foi confundida com um navio antigo
Bel Amica, uma escuna que foi confundida com um navio antigo
A mídia local descreveu erroneamente a embarcação como um navio antigo, o que remeteu a população a mistérios que poderiam remontar centenas de anos, seriam vestígios de embarcações da era pré industrial ? viagem no tempo ? alienígenas (hahahaha só fica melhor!)

Por sorte, nossa e azar dos fãs das teorias da conspiração, tudo não passava de um mal entendido, o barco, de construção moderna, era só uma escuna de um proprietário pão duro de Luxemburgo, que nunca a registrou em país nenhum para economizar alguns trocados referente ao registro da embarcação, até que emfim um mistério resolvido, vamos para o próximo!

4 - High Aim 6 e o suposto motim

O High Aim é uma moderna embarcação de pesca de Taiwan, foi encontrado a deriva nas costas da Austrália em 2003, dentro do navio foi encontrado ração completa e tanque de combustível cheio, além dos pertences dos marinheiros ainda dentro do navio, exames forenses não encontraram traços de um eventual motim e buscas não encontraram sobreviventes.

High Aim 6 quando encontrado aterrado
High Aim 6 quando encontrado aterrado
Um detalhe foi que descobriram o celular do engenheiro do navio realizando ligações cerca de 10 dias depois de o navio ter sido encontrado abandonado, um único membro da tripulação foi localizado pelas autoridades, em seu depoimento, afirmou que o Capitão e o Engenheiro foram assassinados, e o restante da tripulação abandonou o navio e voltou para suas casas, porém não foram dadas maiores explicações.

5 - Jian Seng e sua origem misteriosa

Localizado a deriva próximo a Queensland por autoridades Australianas, o Jian Seng foi inicialmente suspeito de ser um navio que praticava atividades subversivas como tráfico de drogas, de pessoas ou transporte de material ilegal ou pesca ilegal.

Quando as autoridades Australianas abordaram o navio, não encontraram nada, em seus porões havia um monte de arroz e mais nada, nenhum sinal de tripulação ou mesmo de atividade humana por um bom tempo.

Imagem do Jian Seng quando encontrado pela marinha Australiana
Imagem do Jian Seng quando encontrado pela marinha Australiana
Seu nome havia sido apagado, assim como grande parte de suas identificações, o que dificultou descobrir sua origem. Uma das hipóteses abordadas seria a de que era um navio Norte Coreano que por alguma razão havia sido abandonado ou perdido por sua tripulação, (Veja mais em Os navios Fantasma Norte Coreanos que invadiram o mar do Japão) porém no final nada foi concluído.

Por não saber o que fazer com o navio, as autoridades Australianas simplesmente o afundaram no oceano.

6 - MV Joyita, um pequeno inafundável

O inafundável MV Joyita é um pequeno navio de transporte que realizava uma rota de transporte no Pacifico Sul, ainda sem sinais de saber o que realmente ocorreu, quando foi localizado, o pequeno navio estava parcialmente afundado, sua tripulação e os 25 passageiros desaparecido, assim como a mercadoria e os principais equipamentos de navegação, diário de bordo e tudo o mais o que seria importante para o navio.

MV Joyita, o pequeno inafundável
MV Joyita, o pequeno inafundável
Uma pequena quantidade de sangue foi encontrada no convés, assim como ataduras sujas, o que leva a hipótese de um eventual motim que poderia ter machucado ou até mesmo matado o Capitão.

O detalhe interessante é que a forma como o navio havia sido construído o tornava praticamente inafundável, sendo uma característica conhecida do capitão, o que com certeza levantou o mistério de o porque abandonar o navio no meio do Oceano Pacífico se era justamente nele o local mais seguro no caso de um eventual problema.

Aparentemente, um incêndio no motor destruiu a sala de máquinas e consequentemente a fonte de energia da embarcação, pela hipótese levantada, estando o capitão incapacitado ou morto, os tripulantes que restaram poderiam ter levado toda a mercadoria e equipamentos embora enquanto abandonavam o navio, já que não sabiam do detalhe "inafundável" da embarcação.

Ninguém foi localizado, e o mistério continua até os dias de hoje.

Veja Também: Navios Fantasma da Coréia do Norte invadem o mar do Japão e 10 fatos curiosos sobre Esparta e 10 armas que poderiam ser, mas não foram

7 - Kaz II e o misterioso sumiço de sua tripulação




Este Catamarã tem uma história interessante, três homens saíram para uma aventura marítima na costa Australiana em 15 de Abril de 2007, três dias depois o barco se choca contra o recife de corais no norte da Austrália com tudo exatamente no lugar. 

Dentro do navio, foi encontrada comida colocada a mesa, um laptop aberto e ainda ligado, os pertences dos três homens ainda estavam a bordo, o sistema de emergência totalmente funcional e desativado, todos os salva-vidas presos no lugar, então qual o problema ? cadê os três ?

A hipótese levantada era de que o mar estava turbulento e, eventualmente, um dos três possa ter caído na água, levando os outros dois a morte ao tentar salva-lo.

8 - Zebrina, o vagante

Imagem do Zebrina, navio a vela com três mastros encontrado sem a tripulaçãoO Zebrina era um navio de transporte a vela com três mastros, em seu trajeto de Outubro de 1917 ele ia cheio de carvão do sul da Inglaterra para um destino na França, quando foi encontrado aterrado em uma praia no território Francês, o Zebrina apresentava em seu casco, ainda em boas condições, totalmente carregado e com evidências de combate, com diversos furos no casco proveniente de metralhadoras.

O período era o da Primeira Guerra Mundial, e as tensões entre as potências afetavam diretamente o transporte marítimo, a hipótese levantada é de que um U-boat Alemão possa ter localizado o Zebrina e alvejado ele, por razões desconhecidas, a tripulação nunca mais foi localizada, o navio não foi afundado, e muito menos roubado pelos Alemães, que apreciariam uma carga de carvão em plena primeira Guerra Mundial.

9 - Escuna Jenny, o fim da linha

"4 de Maio de 1823, nenhuma comida por 71 dias, eu sou o ultimo vivo" 

Pintura representando a Escuna Jenny, encalhada em geleira da Antártida



O Capitão que escreveu esta mensagem estava sentado na cadeira com a caneta ainda na sua mão quando esta mensagem foi encontrada no diário de Bordo do navio por um outro navio pesqueiro 17 anos depois de escrita.

O corpo do Capitão e de 6 outros membros da tripulação, assim como de um cachorro que acompanhava a viagem, ainda estavam conservados, devido ao frio extremo da Antártida. 

Após terem sido encontrados por um navio baleeiro, foram "enterrados" no mar pela tripulação do navio que os encontrou, incluindo o cachorro.

10 - SS Baychimo, um bruto de verdade

Outro inafundável, o Baychimo é um navio bruto por natureza, um cargueiro a vapor usado na região do Canadá para fazer trocas comerciais de Peles por provisões junto as comunidades Inuit do norte do Canadá, o Baychimo havia acabado de desencalhar de uma geleira quando em 8 de Outubro de 1931, encalhou novamente e pra valer.

SS Baychimo encalhado em geleira no norte do Canadá
SS Baychimo encalhado em geleira no norte do Canadá
Metade da tripulação o abandonou lá mesmo, deixando apenas 14 marinheiros e o capitão em um abrigo de madeira que eles construíram, aguardando por uma chance de desencalha-lo, porém foi no dia 24 de novembro que uma nevasca atingiu a região e o navio "se perdeu", assumindo que o mesmo havia afundado, os membros restantes abandonaram a missão e retornaram para casa.

Nas décadas seguintes o navio foi avistado várias vezes por diversos outros navios a deriva na costa do continente Canadense, tendo sido inclusive relatos de pessoas que o abordaram. Em seu ultimo avistamento oficial, em 1969, o navio estaria encalhado em uma placa de gelo na costa do Alaska.

SS Baychimo no porto, este é sem dúvida um dos navios fantasma mais interessantes que existiram, ou quem sabe ainda existam
Será que o Baychimo finalmente afundou ? Bom, talvez, mas talvez não, estamos aqui aguardando para ver qual terá sido o destino final de Baychimo, porém nos esperamos que ainda não tenha sido a hora dele.


Considerações finais

Espero que tenham curtido nossa lista de 10 mais interessantes navios fantasmas, existem outros navios do gênero e vamos relatando eles aqui em futuras listas, mas estes 10 são sem dúvida os que abrangem a maior parte das situações inusitadas que acontecem em alto mar.




SHARE

About Autor

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário