As espadas demoníacas de Muramasa

As espadas demoníacas de Muramasa

No antigo Japão, espadas eram considerados patrimônios super exclusivos, custando as vezes o preço de pequenas fazendas por exemplo, eram também presentes a ser dado aos mais elevados cargos da realeza Japonesa, e seu uso era extremamente restrito a algumas pessoas e castas, como os Samurais por exemplo.

Imagem Samurai Espadas Muramasa demoniacas


Muramasa Sengo

Muramasa Sengo foi um expoente ferreiro do período Muromachi entre 1500 e 1600 d.C. (No Japão, o período da família reinante é utilizado como definição de período para diversos acontecimentos), sua primeira obra foi assinada em 1501, e manteve um período produtivo de estimados 80 anos (Períodos assim são comuns, visto que normalmente os ferreiros mais proeminentes contam com a ajuda de ferreiros assistentes).




Sua escola, fundada na província de Ise, foi conhecida pela extrema habilidade com metais, assim como a qualidade das armas lá produzidas, e durou por mais de 100 anos após sua morte.


"Lendas falam que Muramasa foi discipulo de Musamune, outro proeminente ferreiro Japonês, porém Muramasa viveu cerca de 100 anos depois da morte de Musamune, Muramasa foi discípulo na verdade de Heianjo Nagayoshi, famoso por suas lanças e pela ornamentação de suas armas"

Suas espadas, como se percebe, não eram destinadas a apenas uma causa, sendo produzidas comercialmente para uma gama imensa de pessoas e objetivos, de peças ornamentais a armas de autoridades.

Uma espada no Japão Antigo

www.fertilmente.com.br - Ferreiros produzem espadas tradicionais Japonesas
Ferreiros produzem espadas tradicionais Japonesas
As espadas no antigo Japão eram patrimônios valiosos, elas eram cuidadosamente detalhadas e catalogadas em documentos públicos, ou seja, assim como nos tempos modernos em que armas são registradas no governo, no passado as espadas Japonesas eram também registradas com detalhes, o que permite seu rastreio nos tempos modernos.

Aperfeiçoada pelas constantes guerras Nipônicas, as espadas passaram a simbolizar poder e status, e adquiriram a característica da marca de onde eram produzidas, por volta de 1100, o Japão passaria por uma profunda mudança que guiaria a confecção das espadas de meras armas de batalha para símbolos de poder e sofisticação.


As espadas Japonesas lendárias

Dentre os diversos fabricantes de espadas, o que mais criou lendas a seu redor foi sem sombra de dúvidas Muramasa com suas espadas demoníacas.


"Uma das explicações cita que Muramasa era um homem extremamente instável, variando instantaneamente seu humor e por razões incoerentes, levando para seu trabalho seu temperamento violento, transformando suas espadas em armas em incentivadoras da violência quando em posse de outras pessoas"

Muramasa iniciou sua produção por volta do ano 1500, obviamente as espadas não eram criadas com o intuito de se chamarem demoníacas, mas seus utilizadores e principalmente, suas vítimas, passaram a chamar assim toda espada Muramasa por diversas características, sendo sua qualidade sem dúvida a mais relevante, mas também por haver muita lenda cercando estas armas.




As Espadas demoníacas de Muramasa

Estas espadas detinham tamanha autoridade que o quando Tokugawa Ieyasu se tornou Shogun do Japão (1543 a 1616), estabelecendo o Shogunato Tokugawa, diz-se que perdera tantos amigos e parentes para espadas Muramasa (tendo ele mesmo se cortado com uma em um duelo) que simplesmente proibiu seu uso em qualquer esfera da vida Japonesa, tanto cerimonial, civil ou militar, o que contribuiu e muito para fortalecer a lenda das espadas demoníacas.

Em uma das lendas não confirmadas, afirma-se que todas as lâminas Muramasa só poderiam sair de sua oficina quando fossem testadas em corpos humanos verdadeiros, para isso, recrutavam-se prisioneiros condenados a morte.

espada muramasa espada demoniaca exposicao

Outra lenda famosa é a de que toda vez que uma espada demoníaca fosse sacada de sua bainha, precisaria tirar sangue antes de retornar, colocando seu usuário numa espécie de estado de fúria e se mesmo isso não funcionasse (por não haver pessoas perto talvez), ele precisaria tirar o próprio sangue antes de a retornar para a bainha.

espada muramasa espada demoniaca exposicao zoom lamina

O fato é que Muramasa e seus discípulos (Espadas chamadas Muramasa foram produzidas por quase 200 anos) produziram espadas de eximia qualidade, ainda mais se levarmos em consideração a péssima qualidade da matéria primada época, retirada de minas muito impuras e de difícil acesso.

Fontes:

http://www.ancient-origins.net/
https://en.wikipedia.org/
SHARE

About Autor

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário