O Primeiro Submarino Militar era um barril

O Primeiro Submarino Militar era um Barril

A possibilidade de executar ações sob a água, de forma indetectável por barcos na superfície tem fascinado os militares desde a antiguidade, existem lendas que falam que o próprio Alexandre O Grande entrou em um equipamento deste tipo para realizar inspeções submarinas.

Veja Também: Como eram treinados os Soldados Espartanos e O Robô cosmonauta Russo que sabe atirar e 10 métodos de tortura atormentadores


Um dos primeiros desenhos realistas sobre o tema foi feito por William Bourne em 1578, mas foi só em 1620 que os planos foram transformados em realidade por Cornelius Drebber, que fez uma demonstração pública no rio Thames e, de acordo com a lenda, ficou cerca de 3 horas sob a água, foi considerado morto por todos que assistiram até que emergiu com seu equipamento.

Yefim Nikonov e seu Submarino Barril Militar



www.fertilmente.com.br - Desenho de Yefim demonstrando como o sistema de oxigênio funcionaria em seu design
Desenho de Yefim demonstrando como o sistema de
oxigênio funcionaria em seu design
Mas o invento ficou esquecido até que em 1718 um carpinteiro Russo de nome Yefim Nikonov escreveu para Peter o Grande (Tsar da Rússia) com a seguinte proposta, ele poderia construir uma embarcação que seria furtiva, invisível as frotas de navios inimigos e poderia afundar outros navios sem o uso de canhões, o Tsar então interessado, chamou o carpinteiro para maiores explicações.

Em 1721 o primeiro modelo estava pronto e sendo testado em frente ao próprio Tsar, que segundo conta a lenda ficou tão impressionado que ordenou que um modelo de tamanho real fosse construído.

Com o formato de um grande barril e movido a remos, o submarino de Yefim Nikonov foi desenhado para se aproximar dos navios inimigos e ataca-los por baixo com uma espécie de "tubo de fogo", um tubo que seria colocado para fora ao lado do navio inimigo, jorrando dele uma espécie de fluido inflamável, como petróleo por exemplo. Outra forma de ataque seria por soldados que seriam dispersados por uma entrada especialmente desenhada dentro do Barril.

Uma boia amarrada a um tubo fornecia oxigênio para a tripulação.

O primeiro teste com o modelo real, realizado em 1724, foi um verdadeiro desastre, o Submarino afundou imediatamente de sua colocação no lago, quando atingiu o fundo do lago, o casco quebrou, e foi basicamente por um milagre que a tripulação sobreviveu, Yefim estava entre os tripulantes.
Veja Também: Como eram treinados os Soldados Espartanos e O Robô cosmonauta Russo que sabe atirar e 10 métodos de tortura atormentadores
Peter, que sempre fora apoiador do projeto faleceu, o que deixou Yefim sem patrono para seu projeto, até que depois do ultimo teste fracassado o Almirante da Marinha Russa decidiu por encerrar o projeto do navio secreto, rebaixando Yefim a um mero carpinteiro, que terminou sua vida fazendo manutenção em navios em um estaleiro no rio Volga.
The Turtle ou A Tartaruga, primeiro submarino militar usado com sucesso em combate
The Turtle ou, A Tartaruga Americano

Por fim, o primeiro submarino militar a ser efetivamente utilizado em batalha foi o The Turtle (A Tartaruga) Americano, usado para sabotar navios inimigos durante a guerra civil Americana, porém foi o Barril que abriu a possibilidade do uso militar destes equipamentos.



SHARE

About Autor

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário